Um dos nossos principais objetivos aqui neste blog é ajudar outras mulheres a superarem coisas ruins que aconteceram em suas vidas e ajudar umas às outras a crescer. Esperamos sinceramente que nossas postagens até agora tenham sido úteis para quem quer que possa precisar delas.

De qualquer forma, o que posso dizer sobre o processo de superação? Bem, pode ser um processo muito doloroso, dependendo do que você precisa superar, mas também é muito gratificante. Definitivamente não parece valer a pena durante o processo, mas você se sente muito feliz por ter passado por todas as etapas depois de superado o trauma.

Aqui estão algumas coisas que você precisa saber sobre o processo de superação.

1 Permita-se um tempo de luto

Você não pode começar a curar se não se permitir sentir a dor. Este é o momento em que você precisa aceitar o que passou e que não é algo que você possa mudar. Temos que ter cuidado para não gastar tanto tempo de luto a ponto de cair em uma depressão ou em um período sombrio. Isso honestamente pode ser a parte mais difícil do processo de cura, pois é principalmente quando você pensa sobre a situação – o que aconteceu, como você se sente, sua raiva, sua dor. Mas você precisa passar por isso antes de realmente começar a se curar. Infelizmente, isso faz parte do processo.

2 Você precisa ter paciência

Ninguém gosta de passar por momentos dolorosos, e geralmente rezamos para que acabem o mais rápido possível, o que é compreensível. Mas você já ouviu o ditado “o tempo cura tudo”? Por mais que não seja o que você quer ouvir, é verdade. Seria maravilhoso se houvesse uma poção mágica que pudesse curar todas as nossas feridas instantaneamente, mas não há. Precisamos ter paciência para passar pelos movimentos de cura até que realmente nos curemos. Eu gostaria de poder dar uma estimativa de quanto tempo pode levar, mas depende da pessoa e da situação.

3 É importante encontrar seu grupo de apoio

A parte complicada da natureza humana é que muitas vezes não queremos mostrar nossas fraquezas a ninguém. Por mais que fira o seu orgulho buscar consolo em outra pessoa, é importante que você tenha um sistema de apoio ao seu redor durante o processo de superação. Não estou dizendo para ficar perto deles o tempo todo, mas é importante saber para quem você pode ligar quando precisar de um ombro para chorar, para desabafar, para apenas ouvir seus gritos, ou qualquer outra coisa que você possa precisar. Sentir-se isolada durante um momento doloroso pode ser prejudicial para o processo. Não tenha vergonha de recorrer às pessoas que se preocupam com você para ajudá-la a ficar melhor. Se eles realmente se importarem, não irão julgá-la e estarão lá no momento em que você ligar.

4 Considere procurar ajuda

Algumas culturas e egos podem não ser fãs desta etapa, mas é muito necessária. Tenho feito terapia pessoalmente desde os 13 anos e isso me ajudou muito. Alguns problemas são mais difíceis de superar por conta própria e a ajuda de um profissional pode ser muito útil. Não apenas porque eles têm ferramentas para ajudar no processo, mas também porque estão lá para ouvir e ajudar você, sem julgamento. Existem algumas coisas em que seu sistema de apoio não será capaz de ajudá-la. Ter um bom terapeuta pode ser muito útil no processo de superação.

5 Saiba que a dor nem sempre desaparece completamente

Bem, eu sei que a maioria de vocês não vai gostar do que tenho a dizer agora. Mesmo depois de superarmos um trauma, existem algumas situações específicas que sempre deixarão um toque de dor para trás, que às vezes virá à tona. O que quer que passemos influencia quem somos, e talvez uma vez por ano, se você pensar bem, ainda vai doer um pouco. Não será tão doloroso quanto antes, pode ser um milésimo da dor original, mas estará lá.

Escrito por Bruna Gorresio